ORTODONTIA

A ortodontia é a especialidade da odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento dos ossos da face, bem como o desenvolvimento dos dentes, em todas as dentições. Estuda seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as  más oclusões dentárias.

PORQUE VOCÊ DEVE COLOCAR APARELHO?

QUAL A FUNÇÃO DO TRATAMENTO?

A função principal do tratamento ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária (bom engrenamento dos dentes superiores com os inferiores), que é fundamental para a correta mastigação e saúde bucal. Quando você coloca um aparelho dentário, você começa um tratamento bucal, logo você precisa realizar manutenções do aparelho que está em sua boca. 

DEPOIS DO TRATAMENTO, COMO FUNCIONA?

Quando você está com a oclusão restabelecida e tira o aparelho, é recomendado o uso de contenções. Essas contenções são aparelhos móveis ou fixos que devem seguir um protocolo de utilização recomendado pelo dentista, para que então, se previna movimentações dentárias, após a finalização do tratamento. 

QUANTO TEMPO DEMORA UM TRATAMENTO ORTODÔNTICO?

O tempo de manutenção varia de acordo com a necessidade de cada caso, nem sempre podemos fazer uma movimentação mais rápida ou o seu aparelho pode ser de um tipo que aceite manutenções com um tempo mais longo entre uma consulta e outra, ou seja, isso deve ser conversado com o dentista. 

QUALQUER PESSOA PODE USAR APARELHO DENTÁRIO?

Alguns pacientes pedem para colocar aparelho porque “é bonito”.  Nós não recomendamos. Aparelho não deve ser colocado por “moda”. Acreditamos que deve ser colocado o aparelho em quem realmente têm necessidade.

O QUE MELHORA NA SUA VIDA?

Com a oclusão devidamente restabelecida, evitam-se problemas relativos à respiração, deglutição, fala e disfunções da articulação temporo-mandibular (ATM). 

EXISTE LIMITE DE IDADE PARA BOTAR APARELHO NOS DENTES?

 É muito comum, os adultos falarem o seguinte: ” Já passei da idade de usar aparelho”. O que respondemos é: não existe idade máxima para a realização de tratamento ortodôntico, inclusive, já temos estudos que demonstram que a procura pelo tratamento ortodôntico nos consultórios hoje, é maior entre adultos do que entre crianças. O paciente adulto que irá iniciar tratamento ortodôntico precisa de alguns cuidados especiais , principalmente em relação aos tecidos de suporte dos dentes, que podem chegar a contraindicar o tratamento (problemas periodontais). Isso também deve ser avaliado e conversado com o dentista.

APLICAÇÃO DE FLÚOR

A aplicação de flúor é uma técnica simples com a aplicação da substância com um pincel próprio ou cotonete e não há risco nenhum. O flúor só causa dano, quando utilizado de forma incorreta. Não é o caso de uma aplicação feita em consultório de 6 em 6 meses. Pelo contrário, essas aplicações, ajudam a prevenir o aparecimento de cáries nas crianças , até os 3 anos de idade principalmente. Existem estudos que demonstram isso. Com a erupção do primeiro dente, já se deve iniciar esse cuidado. Aliás, uma consulta de orientação aos pais, assim que o primeiro dente do filho nasce, deveria ser sempre realizada, pois isso preveniria muitos problemas relacionados a cárie no futuro dessa criança. Eu adoro a frase: previnir é melhor do que remediar. Então, UMA consulta de orientação, pode fazer, MUITA diferença.

APARELHOS REMOVÍVEIS

São encaixados na boca, podendo ser retirados pelo paciente ou pelo ortodontista, e dependem da colaboração do paciente. Podem ser ortodônticos, os quais realizam pequenas movimentações dentárias; ou ortopédicos, utilizados nas correções de alterações esqueléticas (ósseas). Esses últimos são mais indicados para as crianças,pois o osso ainda está em formação podendo ser manipulado

APARELHOS FIXOS

São unidos aos dentes através de uma substância adesiva. São compostos por bráquetes (metálicos ou cerâmicos), tubos e/ou anéis, que suportam o arco metálico responsável pela movimentação dentária. Existem variações. Cada caso é um caso, mas generalizando os aparelhos fixos são dessa forma.

INFORMAÇÕES SOBRE CUSTO DE TRATAMENTO

Com a sua documentação em mãos (aquele exame que todo mundo que vai começar um tratamento ortodôntico, tem que fazer), conseguimos planejar o seu tratamento. Se existir mais de uma opção de tratamento elas serão dadas pelo dentista e então será feita a escolha do tratamento. É importante que o paciente conheça as opções de tratamento, conheça os custos de cada opção, por isso, não costumamos passar informações sobre valores por email ou por telefone. Algumas pessoas precisam utilizar mais de um aparelho ao mesmo tempo, outras preferem o tratamento estético ao invés do metálico convencional e etc. Toda essa parte de valores deve ser conversada pessoalmente no consultório.